Doce tradição passada de mãe para filha

Doce tradição passada de mãe para filha A culinária goiana fez fama nacional e até mesmo internacional também por causa dos seus doces. A poetisa e doceira de mão cheia, Cora Coralina, ajudou a alavancar os docinhos de Goiás.

A culinária goiana fez fama nacional e até mesmo internacional também por causa dos seus doces. A poetisa e doceira de mão cheia, Cora Coralina, ajudou a alavancar os docinhos de Goiás. Uma arte dominada por gerações de doceiras que passam suas receitas de mãe para filha, ainda nos dias atuais nas cidades do interior goiano.

Cada doceira tem sua especialidade, mas entre os quitutes mais famosos são o pastelinho, uma massa assada recheada com doce de leite com pitadas de canela. Merecem destaque também os doces de frutas típicas do Cerrado, feitos de forma artesanal e comercializados em forma de compotas nas casas das próprias doceiras, os doces cristalizados, as belas rosas de coco e o alfenim, chamado de doce dos anjos, que é uma verdadeira escultura comestível.

O Programa Goiás de Norte a Sul traz no próximo dia 26 de abril, o Quadro Especial “O Mundo das Profissões” que terá como tema a Gastronomia e vai destacar também as melhores empresas do setor. Sua empresa não vai poder ficar fora dessa boquinha! Ligue: (62) 8469-3577 ou 3204-1076 com Renan Viana e participe!




    Idiomas


    Patrocínio

     Sicoob Goiás Central CDL Goiânia Sesc Goiás Batershopp Bomlixo Levfort  Gráfica Web Projetos Fecomércio Laboratório Núcleo Senac Goiás

    Rede






    Revista