A evolução dos transportes – Parte 2

A evolução dos transportes – Parte 2 Na virada do século 20, o desenvolvimento do motor à combustão tornou o transporte rodoviário viável, permitindo a introdução do transporte mecânico particular.

Na virada do século 20, o desenvolvimento do motor à combustão tornou o transporte rodoviário viável, permitindo a introdução do transporte mecânico particular. Nessa época foram construídas as primeiras rodovias. Em 1906, o brasileiro Alberto Santos Dumont exibiu o primeiro avião, uma forma bem mais rápida de transportar pessoas e cargas a longas distâncias.

Porém, foi apenas após a II Guerra Mundial que o automóvel e o avião ganharam maior destaque no transporte de passageiros. Ficando o ferroviário e hidroviário mais focado no transporte de cargas. As viagens aéreas evoluíram, tornando-se mais seguras para distâncias intercontinentais a partir dos anos 60 com a chegada do motor à jato.

Em 1964, os trens de alta velocidade na Ásia e Europa passaram a ser uma alternativa para passageiros venceram longas distâncias a um valor mais acessível que o das companhias aéreas. Porém, no Brasil, tanto o transporte de cargas como o de passageiros é feito predominantemente por meio rodoviário, apesar das dimensões continentais do nosso país e da presença de ricas bacias hidrográficas.

O Programa Goiás de Norte a Sul irá apresentar em breve o especial “O Mundo das Profissões” que terá como tema: os meios de transporte, destacando também as melhores empresas do segmento e afins. Não perca o bonde! Aproveite essa grande oportunidade! Ligue: (62) 8469-3577 ou 3204-1076 com Renan Viana e participe!




    Idiomas


    Patrocínio

     Fecomércio Gráfica Web Projetos Senac Goiás Sesc Goiás Sicoob Goiás Central CDL Goiânia Batershopp Levfort  Laboratório Núcleo Bomlixo

    Rede






    Revista